O que analisar na compra e/ou troca de um software ERP para indústria.

Home > Gestão  > O que analisar na compra e/ou troca de um software ERP para indústria.
sistema de gestão erp

A compra de matéria-prima, maquinário, realização de pesquisas para inovação de produtos e soluções, controle de estoque são só algumas das atividades comumente desempenhadas nas indústrias. Porém, manter o controle de tudo isso não é tarefa fácil, pois envolve processos complexos, que exigem atenção quanto ao planejamento, a organização e a análise de todos os dados.

Um software de gestão pode facilitar e otimizar os processos da empresa e a sua implementação é um passo muito importante nos negócios. Mas, dentre as variadas opções existentes no mercado, como escolher o melhor sistema para o segmento da indústria?

Optar por uma boa alternativa de ERP pode fazer a diferença entre aumentar as vendas dos seus produtos e a rentabilidade ou comprometer todo seu potencial produtivo.

 

Veja alguns itens a serem analisados antes de adquirir um software de gestão:

– Procure por empresas com tradição:

Uma característica que deve ser levada em conta é a tradição, pois empresas que atenderam diversos clientes, lidaram com diferentes problemas e soluções, logo, possuem experiência no mercado, o que significa um software mais eficiente e estável. Além disso, faça uma pesquisa sobre o histórico do fornecedor e o índice de satisfação dos clientes antigos da empresa, de preferência, do mesmo segmento que o seu. Assim você aumenta muito as chances de encontrar a solução ideal para o seu negócio.

– O sistema de ERP ideal para SEU negócio:

Um dos itens mais importantes é o quanto o sistema se adequa às necessidades do seu negócio, mais especificamente a sua área de atuação. Quanto mais compatível for esse software, menos tempo se perde adaptando seus processos no ERP.

Portanto, para tornar essa etapa mais assertiva, defina antes de tudo qual a metodologia de trabalho, os pontos críticos a serem melhorados e as necessidades operacionais dos seus funcionários e projetos futuros. Com essas questões respondidas se tornará mais fácil levantar as possibilidades que mais se assemelham ao seu perfil empresarial.

– Tenha em mente que é necessário ter um bom suporte:

Pesquisar sobre a empresa que você irá escolher para fornecer o seu software, pode dar uma boa perspectiva de como atuam na prestação do atendimento de suporte técnico. Nesse quesito, deve ser levantado questões como a rapidez em que os problemas são resolvidos e a implementação de soluções que possam impactar positivamente na qualidade do sistema. Um bom software deve estar sempre passar por atualizações e melhorias constantes e os problemas apresentados, principalmente aqueles percebidos pelos usuários devem ser solucionados para garantir a estabilidade e o bom funcionamento do ERP. Isso evita futuros resultados não positivos, até mesmo a perda de dinheiro.

Ter um suporte que funcione, um atendimento cordial e que lhe ofereça soluções eficientes num curto prazo deve ser um dos pontos chave em sua decisão final.

– Ter flexibilidade para atender as necessidades da sua empresa:

Outro aspecto que você deve buscar é a flexibilidade do sistema e a possibilidade que este terá de se ajustar às necessidades atuais e futuras da sua empresa. Quanto mais opções estiverem disponíveis ou mais aberto a adequações ele for, certamente mais próxima da opção ideal você estará. Por isso, leve em consideração a quantidade de funcionalidades que o ERP oferece. Analise os próximos passos que você imagina seguir para o seu negócio e se essas funções poderão ser úteis em outras ocasiões.

 

Mas e quando a empresa já possui um ERP, mas percebe que está na hora de trocá-lo?

Muitas empresas já possuem um sistema de gestão instalado, entretanto algumas acabam utilizando somente algumas funcionalidades obrigatórias, como a emissão de notas fiscal, ou não estão satisfeitas com o sistema por não atender à necessidades que a indústria demanda ou por falhas constantes no software e no atendimento de suporte.

O ERP deve proporcionar uma lista bem extensa de benefícios para as empresas como um todo, que somados irão se traduzir em redução de custos, otimização da produtividade, crescimento de vendas e aumento do lucro. Portanto, quando um sistema informatizado não atende aos requisitos básicos ou não satisfaz sua indústria de maneira certa, está na hora de trocá-lo.

Para ajudar você a entender melhor os motivos pelos quais seu software deve ser repensado, confira:

1) Funcionalidades limitadas:

ERPs só são úteis quando dispõe de módulos e funções que sejam aderentes às atividades rotineiras e que visem ajudar no crescimento do negócio de forma abrangente. Caso sua indústria passe por transformações, o seu sistema deve acompanhar essas inovações e, portanto, quando há recusa por parte do fornecedor e a ferramenta não é capaz de suprir a demanda, é um forte indício de que está na hora de trocar de software.

A solução nesse caso, é escolher uma empresa que preze pelo cliente, oferecendo um programa informatizado que atenda o setor da indústria e que seja flexível às solicitações dos clientes, assim como, acompanhar as mudanças do mercado, remodelando seus produtos para oferecer sempre produtos e serviços de alta tecnologia.

2) Dificuldade de contato com o fornecedor:

A dificuldade em obter contato com o fornecedor do software é uma das maiores motivações para a troca de ERP. Quando o fornecedor fica pouco interessado em atender as solicitações dos clientes, pode gerar muitos problemas para as empresas, por isso esse é um grande ponto que deve ser muito bem avaliado, pois o atendimento pós-venda é tão importante quanto a fase de compra e implantação do software.

3) Sistema não possui rotina de atualizações:

A manutenção de um sistema informatizado é imprescindível para garantir a eficiência e usabilidade pelo usuário. A cada ano, a legislação brasileira sofre modernizações e as empresas de TI devem acompanhar essas inovações. Escolha um ERP desenvolvido por empresas que estejam sempre por dentro das últimas tendências em tecnologia, tenha profissionais qualificados e que invista em qualidade para seus serviços/produtos.

 

O que não pode faltar na sua lista para escolher o software de gestão certo para a sua indústria?

Como você provavelmente deve saber, cada indústria tem suas particularidades e isso as separa das empresas de comércio ou serviço, que normalmente conseguem ser bem atendidas por qualquer sistema de gestão. Para atender a demanda fabril, um software deve estar preparado para isso e por esta razão listamos algumas dicas essenciais para você não errar e escolher um software que mais se adeque a sua necessidade.

1) Verifique se o fornecedor entende e consegue atender o segmento industrial;

2) Procure por uma empresa que ofereça qualidade: treinamento, implementação e suporte de alto nível.

3) Escolha uma tecnologia de ponta, que lhe proporcione não só a solução ideal, mas também proporcione o acesso aos dados da sua indústria de qualquer dispositivo a qualquer hora e lugar através da internet e atualizações constantes que mantenham a eficiência, a rapidez e a segurança das suas informações.

 

Sua empresa já possui um software de gestão? Está insatisfeito ou gostaria de trocar seu ERP atual? Entre em contato conosco, temos a melhor solução para você nos setores de plástico, metalmecânica, curtumes, têxtil e tratamento térmico!

 


Quer receber novidades e informações:

Envie um e-mail para colet@coletsistemas.com.br

1 Comment
Deixe um comentário