5 passos para evitar custos elevados de produção

Home > Gestão  > 5 passos para evitar custos elevados de produção

Altos custos de produção são umas das maiores preocupações dos gestores de pequenas, médias e grandes empresas. Em um mercado cada vez mais competitivo, onde novas soluções são lançadas diariamente para os consumidores, manter a empresa com uma estrutura de custos enxuta pode impactar diretamente nos resultados, ou seja, na lucratividade do seu negócio.

Neste artigo, apresentaremos alguns passos que, quando seguidos, podem ajudar a sua empresa a evitar custos elevados de produção. Aqui vamos falar de custos principalmente ligados ao processo produtivo, como por exemplo:

  • Mão de obra
  • Matéria-prima
  • Insumos
  • Energia elétrica despendida
  • Manutenção
  • Depreciação de máquinas e equipamentos, entre outros.

O caminho para que você mantenha uma estrutura com custos controlados, evitando desperdícios seguem os seguintes passos:

1 # Análise frequente dos custos de operação

O gestor pode proporcionar encontros com os funcionários para levantamento de sugestões para evitar desperdícios. Muitas vezes o gestor pode não estar percebendo os problemas e gastos desnecessário por não estar no dia-a-dia em contato com a atividade-fim da empresa.

Água e luz, por exemplo, são contas que podem ser reduzidas com manutenções preventivas, substituições de equipamentos, controle de vazamentos, sensores de presença de iluminação, conscientização dos funcionários quanto ao desperdício e substituição de lâmpadas e equipamentos com menor consumo.

2 # Incentive a utilização de utensílios não descartáveis

Os copos e outros utensílios descartáveis podem gerar custos desnecessários se forem usados de maneira inadequada.

A empresa pode incentivar que seus funcionários utilizem copos de vidro/xícaras, fornecendo estes ou mesmo combinando para que ele traga o seu próprio. Mantendo assim, os copos e utensílios descartáveis somente para convidados e clientes.

3 # Faça uma gestão eficiente dos recursos humanos

Tenha uma gestão dos recursos humanos que objetiva o bom aproveitamento do horário de trabalho. As atividades executadas devem ser bem planejadas e cumpridas nos prazos acordados. Assim, a empresa economiza com hora extra, gastos extras de energia e o funcionário tem mais qualidade de vida.

Em caso de necessidade extra (eventual) de mão-de-obra, a empresa pode optar pela terceirização de pessoas. Profissionais que são requeridos esporadicamente.

Aproveite o final de ano ou períodos de baixa produção para dar férias coletivas aos funcionários. Desta maneira, a empresa economiza com diversas despesas, como luz, água ou manutenção.

4 # Busque automatizar os processos internos

O mercado oferece diversas opções e soluções de ferramentas e softwares para ajudar nos controles de produção, custos, estoques e automatizar processos.

No entanto, é importante que a empresa opte por opções que são pensadas para o seu segmento de atuação, evitando assim custos desnecessários com tempo de adaptação das pessoas e a personalização da solução para seus processos.

5 # Reveja seus fornecedores e renegocie contratos

Verifique a possibilidade de produtos similares ou substitutos que o mercado oferece com melhor custo x benefício. Renegocie com seus fornecedores as quantidades de compras, descontos ou facilidades de pagamento e tenha sempre mais de um fornecedor por produto/serviço.

Quer conhecer mais sobre os sistemas de gestão da Colet e como eles podem ajudar sua empresa? Veja informações aqui: www.coletsistemas.com.br

Sem comentários
Deixe um comentário